Rádio Educadora
Está Tocando Agora

VOZ DO BRASIL

até as 21:59
NOTÍCIAS

Postado em: 09/07/2024 às 11:12
0 Visualizações

atualizar a carteira de vacinação protege crianças e jovens em passeios e viagens


Foto:

Muitas famílias aproveitam as férias de julho para passear em outros locais do Estado, do País ou mesmo no Exterior. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) chama a atenção de pais e responsáveis por crianças e adolescentes para aproveitarem essa época do ano e atualizarem a carteira de vacinação, garantindo proteção durante e após as férias. 

Para viagens no Brasil, a orientação é que estejam atualizadas, especialmente, as imunizações contra febre amarela, poliomielite, sarampo, rubéola, difteria e tétano. Se a opção for por viagens ao Exterior, é preciso estar atento às orientações de cada país, inclusive o prazo de antecedência para estar devidamente imunizado na data da viagem. No Paraná, estão disponíveis 1.930 salas de vacinação para a atualização do documento.

Considerada um direito do cidadão, a imunização faz parte da Atenção Primária e é uma das medidas mais importantes para a redução de doenças, sequelas e mortes. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), existem vacinas para a prevenção de mais de 20 doenças fatais, o que evita cerca de 2 milhões a 3 milhões de mortes todos os anos por doenças, como difteria, tétano, coqueluche, influenza e sarampo. 

Segundo a chefe da Divisão de Vigilância do Programa de Imunização da Sesa, Virginia Dobkowski Franco dos Santos, o período das férias de julho pode ser ideal para a atualização do documento não só das crianças, mas de toda a família. “Uma forma de cuidado e carinho, que traz benefícios e previne muitas doenças e evita dor de cabeça futura. As vacinas estão distribuídas em todo o Paraná durante o ano todo”, ressalta.

A Sesa ainda reforça que a vacina contra a gripe pode ser uma grande aliada para a defesa do organismo nesta época do ano. Ela é gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS) e está disponível para todas as faixas etárias a partir dos seis meses de idade.

Fonte:AEN 

Compartilhe essa Notícia      

Mais Fotos